contato@spnvideo.com.br

Motion Graphics: Um pouco sobre o Design em movimento

Motion Graphics, também conhecido com design em movimento, é hoje uma das grandes tendências da Produção Audiovisual, por estar presente em Tutoriais, Vídeos Educativos

Motion Graphics, também conhecido com design em movimento, é hoje uma das grandes tendências da Produção Audiovisual, por estar presente em Tutoriais, Vídeos Educativos, Vídeos Institucionais, Vídeos de Treinamento, Marketing de Conteúdo em Vídeo e muitas outras alternativas de produção.

 

O que é?

Motion design, design de animação, videografismo, motion graphics ou simplesmente motion, é uma vertente do design gráfico que mescla princípios de design e cinema. Esse recurso audiovisual é uma das maiores tendências da atualidade em todo o mundo. Conhecido por ser atrativo e eficaz, está presente em comerciais de tv, youtube, video clipes, cinema, shows, propagandas, vídeos explicativos, treinamentos, vinhetas animadas como o do Design Culture e muito mais! Além do objetivo mercadológico, é também uma forma de expressão artística. Mas vamos por partes. Iremos falar um pouco da história e entender porque é algo tão promissor. Então se prepare, porque esse artigo está recheado de conteúdo e referências legais!

Existem uma grande variedade de estilos sempre com base em elementos visuais que surgem na tela sempre em movimento e de forma criativa, na esquecendo que não necessariamente o motion graphics pode ser desenvolvido sozinho ou conjugado com outras técnicas de animações ou gravações tradicionais.

 

Motion Graphics o que nos motiva a sua utilização é por ser uma das grandes tendências do design em movimento e saber valorizar os espaços tornando as telas com leituras fáceis e de forma imediata por utilizamos elementos simplificados e cores agradáveis alem de grandes facilitadores de apresentação de gráficos, listas e outros detalhes do objetivo da proposta.

 

Porque o motion graphics funciona?

  • Causa impacto visual;
  • As pessoas preferem ver/assistir a ler textos, já que os recursos audiovisuais são mais atrativos.
  • Usa linguagens lúdicas que conquistam pessoas de todas as idades;
  • Cerca de 90% das pessoas se recordam de vídeos, mesmo depois de terem visto há algum tempo.
  • Contar histórias é extremamente atrativo e persuasivo. O homem conta história desde que é homem, e as pessoas se interessam por isso.
  • O custo de produção de um vídeo em motion graphics é financeiramente viável em relação à outras produções audiovisuais, como filmagens em locações, atores, equipamentos, etc.
  • Com o motion é possível explicar processos complexos de forma simples e divertida;
  • É possível mesclar linguagens de cinema, games, quadrinhos, design gráfico e diversas outras.

 

Basicamente, qual a diferença entre Animação e Motion?

A animação possui personagens e apresenta uma história de forma linear, assim como vemos os filmes da Pixar, Universal.  Já o motion, mesmo seguindo em alguns casos storyboard, usa de elementos visuais, grafismos e formas para comunicações diversas. Seja para informar ou contar um história. Tendo sentindo ou não, como animações aleatórias em clipes, vinhetas, etc.

 

Fonte; designculture.com.br